Reanimando a Anima

Florianópolis

Reanimando a Anima

Há um ponto estruturante, constitutivo dos seres humanos o qual nos divide em homens e mulheres e, socialmente, em masculino e feminino. Independentemente de questões de biológicas e de gênero, todos os seres são compostos por energias – podemos nomear também como princípios, princípios de energia masculinas e femininas. Princípio que necessita estar equilibrado ou em constante manutenção para um funcionamento saudável do Ser.
É inerente ao Ser Humano que passe por um processo de autotransformação. Processo já iniciado pelas mulheres, mas, por vivermos num mundo constituído por relações com o outro, faz-se necessário que seus pares – o masculino, o homem – realize seu trabalho interno da mesma maneira.
A expressão do masculino no homem nem sempre se apresenta de forma saudável por vezes atuando e se projetando de formas agressivas e/ou violentas em suas relações. Carecemos de referenciais saudáveis da expressão masculina, que não se submetam a padrões culturais e sociais impostos do que é “ser homem”. Por, inconsequentemente e inconscientemente, buscarmos atender a esses padrões nos violentamos, nos desrespeitamos, passamos por cima de nossas emoções e sentimentos, por vezes sentimos um isolamento, uma solidão, um abandono, um sofrimento intraduzível que se expressa prejudicando as relações familiares, conjugais, sociais/inter-pessoais e nossa relação com nós mesmos.
Portanto, o objetivo desse trabalho proposto em grupo é de co-construir um espaço de troca reflexão saudável, a partir do processo interno de cada integrante do grupo, onde possa propiciar espaços internos e espaços externos de transformação e expressão saudáveis, onde a expressão de um masculino equilibrado possa emergir e florescer constituindo formas de expressões equilibradas masculinas inerentes a cada Ser e alicerçadas à sua anima, energia e representação feminina no homem.
Reconhecendo-se e reequilibrando-se na dança que é esse processo de interação e integração entre os princípios energéticos masculinos e femininos, o qual principia o processo de individuação.
Além de o grupo ser um convite aberto a todos, é uma oportunidade de construir e alicerçar, de forma harmônica e saudável, equilíbrio e fluidez em sua forma de ser e estar no mundo.
Permita-se tecer novos caminhos dentro de sua masculinidade.
Os encontros são do grupo são desenvolvidos quinzenalmente as quartas-feiras no Alecrim – Espaço Terapêutico das 19h às 21h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat