Alecrim Integrativo

Florianópolis

Alecrim Integrativo

Queridas Mulheres, vivemos em um momento contemporânea ainda permeado pelo Machismo e comportamentos masculinos que agridem ou reprimem a expressão do Feminino em nós.
Tenho debatido com 2 grupos, Las Lobas:
📍Como se expressa na atualidade do Predador natural da Psique?
📍
.Como nós mulheres expressamos através do nosso Animus destruidor as características do Barba azul?
.
.
Homens e mulheres estão convidados a esta Roda de conversa pelo Zoom.

ID da reunião: 978 620 4627
Senha de acesso: V5bLPu

O PREDADOR NATURAL DA PSIQUE: Acredita-se que a relação com a Natureza selvagem é uma parte fundamental para o processo de individuação da Mulher. No entanto, as mulheres de modo geral precisam penetrar as trevas, mas deve cuidar para não cair de modo irreparável nas armadilhas. A figura do Barba Azul simboliza o predador inato, e as mulheres só irão conter este predador se tomarem posse de seus poderes instintivos. O Barba Azul representa um complexo profundamente recluso que fica na espreita, observando e à espera para um ataque. Sabe-se que o Barba Azul é um inimigo ancestral e contemporâneo dos dois sexos; compreendendo que é uma força inata, e portanto inconsciente. Conhecido como Mago fracassado, um tipo de feitiçaria fracassada, muitos Mitos ìcaro, Lúcifer, retratam predadores que desejam a superioridade e o poder sobre os outros sem êxito. Sofrem de uma certa inflação psicológica, pois aspiram serem mais sublimes que o inefável. Representa o Mito do Proscrito, que foi exilado. Portanto, é inerente um sofrimento profundo de solidão, pois vivencia um Exílio permanente de salvação(sentimento de todo ser humano). No conto de fadas o Barba Azul é visto um personagem que não alimenta a luz nas forças femininas das jovens vítimas, mas um ser cheio de ódio que deseja destruir e extinguir as “luzes da psique”. Barba Azul cultua a perseguição cruel em busca da luz dos outros. Aqui a simbologia da irmã mais nova, é uma mulher ingênua que ainda não aprendeu que existe o predador, e de que existe tanto interna como externamente uma força que atuará nela, opondo-se aos instintos do Self natural. “Compreender o predador significa tornar-se um animal maduro pouco vulnerável à ingenuidade, inexperiência ou insensatez”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat