Auto Sabotagem

Florianópolis

Auto Sabotagem

Sabotagem emocional vem atrasando nossa maturidade. Freud dizia que “A maturidade é a capacidade que temos de reconhecer nossos pontos fortes e colocá-los em prática.”

Aí eu te pergunto: Se você tivesse que listar agora 10 pontos fortes seus, você conseguiria? Temos muita dificuldade para reconhecer nossos pontos positivos e com isso criamos obstáculos e empecilhos – de forma consciente ou inconsciente – que nos atrapalham na hora de realizar tarefas ou conquistar objetivos, viver um amor.

Na maioria das vezes nós não conhecemos a verdadeira sensação de sermos amados, sensação de alegria, de felicidade. Mas calma, isso é absolutamente normal. Sabemos que ao longo da vida os acontecimentos, a criação que recebemos, as decepções que passamos, nos fazem armazenar sensações não tão boas e com isso esquecemos como realmente devemos viver.

Nos sabotamos pois repetimos situações que na verdade são guiadas pelos nossos medos, pelo nosso “Eu sobrevivente” nos impedindo de amadurecer e termos uma vida feliz, com esperança e alegria

Sabe aquela amiga(o) eu passou por coisas ruins e que parece que perdeu a alegria? É aquela pessoa que reclama de tudo, está sempre doente, sempre tem algo que não deu certo, e tudo se torna difícil na vida. Achamos muitas vezes que essa pessoa é “dramática” ou “negativa”, na verdade ela só está se sabotando, prefere transformar tudo em uma dificuldade para quando não der certo poder falar: “Eu sabia, comigo nunca dá certo, nada funciona.” E assim ela repete as mesmas situações, mantendo uma imaturidade emocional, precisando sempre de alguém para resolver seus problemas, se torna dependente de atenção, de carinho e amor. As pessoas tendem a acreditar que apenas uma situação triste que ocorreu em sua vida é que a transformou no que ela é hoje, geralmente a mais recente, quando na verdade são situações que na maioria das vezes trazemos da infância, situações muito antigas, que estão  atrapalhando nossa evolução emocional de alguma maneira.

A autosabotagem nada mais é que uma defesa da nossa mente. E por isso é necessário que nos perguntemos: Para que essa situação está me servindo? O que eu estou ganhando quando me autosaboto e não ando para frente? Sempre temos algum ganho, mesmo que conscientemente a situação não seja favorável a nós.

 

Auto: Ana Paula

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *